quinta-feira, 1 de abril de 2010

A tecnociência e a ética

A ética em vez de se ocupar de problemas morais está-se a ocupar de problemas tecno-científicos. A ciência está a evoluir de forma drástica e para isso 'não olha a meios para atingir os fins', apenas quer experimentar tudo e conhecer mais do que a realidade lhe proporciona. A tecnologia aliou-se à ciência e permitiu assim uma melhor qualidade de vida ao homem mas ao mesmo tempo uma desvalorização deste e um consequente maior desemprego. Será que esta aliança entre ciência e tecnologia é benéfica? Não será a robótica ou a clonagem demais? Sacrificar seres vivos apenas para fins científicos não será considerado eticamente reprovável? Os cientistas preocupam-se mais com o 'não ter limites de conhecimento' em vez de se preocuparem com o bem-estar da sociedade e com as consequências que as suas experiências podem causar. Não será a viagem à Lua apenas uma invenção e que não passa de uma fachada? A ética tem que pôr mão na ciência e travar a sua insaciável sede de conhecer o que é transcendente.

video

Sem comentários:

Enviar um comentário